quinta-feira, 30 de junho de 2011

João

O meu coração é como o universo e a culpa é tua. É por causa de ti que o meu coração é como o universo. Está sempre a crescer e nem eu nem ninguém sabe onde vai parar, atinge dimensões monstruosas.
Ele estava ferido, e tu curaste-o. Curas-te o meu coração com tudo aquilo que me dás e, cada vez mais, fazes-me sentir que afinal não és só mais um tipo com pila, também tens coração, sentimentos e és uma pessoa perfeitamente normal, ao contrário de muitos filhos da put* que por aí andam.
Tu mudas-te tudo, mudas-te a minha vida e fazes-me maravilhosamente bem e só por isso já mereces o mundo.
Achas que também se treina o coração? Eu acho e a prova é que tens treinado muito bem o meu: bate ao som da tua voz, moldou-se ao teu tamanho e grita o teu nome. E o amor é isto. O amor é assim: não se procura, encontra-se e tu, meu grande amor, tu encontraste-me e nunca me vais perder.
E sempre que acordo e leio uma mensagem tua, percebo que nada foi um sonho, que faz tudo parte da realidade, que ainda estas comigo e agradeço todos os dias a Deus por me ter mandado um anjo para tomar conta de mim, para me dar amor, carinho e sobretudo, por me ter mandado um anjo para me devolver a vida.

1 comentário:

  1. Tem selinho pra vc no meu Blog (:

    Beijoos!!

    http://pathyoliver.blogspot.com/2011/06/500-seguidores-yupiiii.html

    ResponderEliminar