quarta-feira, 2 de novembro de 2011

I ♥ you



“Meu querido,
Já não te mando notícias do coração há algum tempo, andava sem inspiração, mas ao mesmo tempo ando cheinha de saudades, com letras a saltarem-me pelos poros. Primeiro que tudo quero agradecer-te estes (quase) oito meses e agradecer-te o apoio incondicional destes três últimos.
Quero agradecer todas as palavras, todos os beijos de conforto, todos os abraços cheios de mel, todos os sorrisos cheios de luz e todos os toques de pipocas e algodão doce.  Tem sido muito importante para mim estares aqui, do meu lado, no meu caminho, na minha vida, a agarrares-me quando caio,
Quando me diziam que tudo acaba um dia, que todos nós pertencemos a um ciclo onde no final acabamos mortos, fingia nem ouvir, não ligar. Se me dissessem há uns meses atrás que o meu-amor ia morrer, eu não acreditava, portanto, e para o choque não ser tão grande, começo a aceitar todas as hipóteses e a viver um dia de cada vez. Percebes-me, pedaço de amor?
Eu quero muito ficar contigo, no nosso reino de mel e onde as fadas e os duendes existem. e tu hoje queres muito ficar comigo, e amanhã? Tenho medo que partas com uma das fadas e que amanhã já não estejas cá, ou que simplesmente troques de caminho e não me acompanhes no meu.
Somos nós, com os nossos passos, que vamos fazendo o nosso caminho. Há quem corra demasiado depressa e perca a alma no seu percurso, há quem mude simplesmente de ideias e arrisque um atalho, há quem não saiba escolher a melhor direcção quando chega a uma encruzilhada, há quem deixe pedras pelo caminho para não se perder, se precisar de voltar para trás. Eu apenas sei que há uma força estranha que me faz correr para ti, um fio invisível e intocável que me liga a ti e me faz percorrer esta caminhada ao teu lado.
Foste tu que me deste animo, força, coragem, amor, carinho, compreensão, foste tu que me ajudas-te a sair do beco sem saída pela segunda vez, foste tu e o teu sorriso malandro, os teus lábios quentes, a tua alma doce. Se há coisa que aprendi contigo é que o tempo passa, acaba sempre por passar, mesmo quando achamos que tudo está perdido, mesmo quando os dias parecem eternidades ou quando acordamos de manhã sem forças para chegar ao fim do dia.
Nunca percebi se há pessoas que nascem umas para as outras, mas se há coisa de que tenho a certeza é que há pessoas que crescem e se acertam umas para as outras e nós somos um desses casos. Quando uma mulher gosta mesmo de um homem aguenta tudo, espera o tempo que for preciso, não há nada que não faça para poder ficar com ele e eu faço tudo por ti, estou aqui sempre, mesmo que decidas fugir com uma fada ou mudar apenas de caminho. Se mudares de Mundo, mudamo-nos os dois de malas e bagagens, porque para onde fores, eu vou  
Um amor sem sonhos é um amor com medo, um amor triste e estéril que não pode dar frutos. Quem não sonha não pode amar, e nós sonhamos, juntos. Temos muitos projectos juntos, uma vida futura bem delineada e no que depender de mim, iremos concretizar juntos todos os sonhos que ainda temos por cumprir.
O meu grande sonho é ter alguém que me dê amor, que me dê estabilidade, carinho e conforto, alguém que dê a volta ao Mundo por mim e apanhe estrelas para me ver sorrir, tu és esse alguém e eu tenho-te.  
És o meu grande pilar, a minha grande motivação, a minha razão de sorrir, és tu a razão do meu viver e eu não te trocava por nada. Estou completamente vidrada em ti, obcecada, dependente.
É inútil pensar que podemos viver uma relação amorosa sem criar alguma dependência. O corpo, o espírito e o coração habituam-se muito depressa ao prazer repetido dos pequenos gestos e prazeres. Preciso tanto do teu amor como o planeta precisa do Sol.
Desde a primeira vez que te vi, que algo forte bateu do lado esquerdo do meu peito. Desde o primeiro toque, desde o primeiro beijo, desde essa altura que o meu amor por ti aumenta a cada dia que passa, como uma bola de neve. E hoje somos um so, um sorriso, uma só alma, e é no silêncio de um olhar que me toca e que me consegue arrepiar, que eu sinto esta magia que mais ninguém sente.
Amo-te, por tudo, por nada, pelo que vivemos, pelo que vamos viver, pelo que és e pelo que somos, e isto será assim até que tu queiras. Se me quiseres para sempre, será até Deus deixar.

Um beijo, da tua
Carolina”

8 comentários:

  1. Adorei, Carolina! Está mesmo lindo o texto, acho que fizeste muito bem escrever o que sentias porque o resultado foi muito bom! Continua assim :)

    ResponderEliminar
  2. óh, uma carta de amor tão linda :)
    Fico sempre profundamente tocada com estas coisas, ligadas ao amor.
    É cada palavra, frase mais bonita e bela :D
    Tão romântica que és, hihihi xD
    Vou-te seguir, vale a pena *.*
    P.S: Desculpa estar a comentar como anónimo, mas é que não consigo comentar com a minha conta, nao percebo, não és a primeira que isto acontece :x
    Assinado: http://claudiavanessasilva.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Recuse Contadores Inteligentes

    Passe e repasse a informação, é preciso que a verdade se saiba.
    É que povo desinformado é povo enganado.

    ResponderEliminar
  4. O Blog "Pieces Of Me'
    chegou aos seus 400 seguidores,
    e tem o prazer de te prestigiar com
    um selinho lindo!!

    Beijos,
    e obrigada pela presença no meu cantinho..

    o selinho esta no link :http://momentosdapathy.blogspot.com/2011/11/400-seguidores.html

    ResponderEliminar