quinta-feira, 14 de abril de 2011

sem ti.

hoje imaginei-me sem ti, meu amor, tu nem sabes como é doloroso, nem eu sabia que doía tanto só de imaginar. imaginei os meus dias sem te ter do meu lado, imaginei-me a suportar a dor de não sentir a tua mão na minha, de não sentir o teu corpo colado ao meu num abraço sem fim, de não sentir o calor dos teus lábios a chamar por mim, imaginei-me sem o teu sorriso, imaginei-me SEM TI, imaginei mesmo e sabes o que aconteceu? doeu muito, uma dor que se apoderou de mim, senti um aperto tão tão tão grande, e senti o meu coração a encolher, e de tanto encolher senti-o a parar. parou, deixou de bater, ficou completamente inactivo, sem sinais de vida. por segundos até deixei de respirar, senti-me doente, despida, incompleta. faltavas-me tu, faltarás sempre tu para me sentir viva, completa, feliz. percebes? é que eu antes de te conhecer já te amava, mesmo sem saber qual era o teu rosto, qual era o corpo que ocuparias. não sabia ao certo quem eras, de onde vinhas, como te chamavas, só sabia que te encontraria um dia e sabia que queria uma pessoa assim, amava a ideia que tinha de ti, e tu és como exactamente eu idealizei. entendes-me? eu não te sei explicar bem, meu amor, não tenho adjectivos que te qualifiquem bem, mas és assim como o protótipo de homem perfeito, sabes? tens tudo o que uma mulher pode querer, és lindo, maravilhoso, o melhor namorado do Mundo, tens tudo aquilo que eu sempre procurei, tudo aquilo que sempre tentei que "os errados" fossem. e contigo não tenho que tentar, tu és sem eu te pedir, és sem falsidade, sem jogos, sem falsas promessas. e custa-me, custa-me pensar que apesar de seres tu quem eu mais amo nesta vida, posso não ser eu quem procuravas apesar de saber que gostas muito de mim. entendes? gelei, agora gelei com a frase que escrevi porque não quero que seja assim, eu quero que me ames, quero ser quem mais amas, quero ser quem tu procuravas, quero que vejas em mim tudo aquilo que eu vejo sempre que olho para ti. e as vezes sinto que não o sou, que poderia ser muito melhor. sim, sinto que merecias muito melhor e sou egoísta ao ponto de ficar contigo na mesma, de não conseguir abrir mão de ti para que arranjes melhor. não consigo, não consigo deixar-te, desculpa-me por isto e por tudo aquilo que possa já ter feito de mal. mas eu sinto-me tão bem contigo, amo-te tanto, com tanta força, que o amor que sinto é mais forte que o resto. e será sempre assim, irei amar-te sempre, com toda a força que eu tenho apesar de pouca, irei amar cada gesto teu, cada palavra tua, cada pedaço do teu ser, sempre, sem que nada mude isso. eu não posso ficar SEM TI meu grande grande amor, nunca.

já te disse hoje que te amo acima de tudo o que há no Mundo? ♥

4 comentários:

  1. gostavaa de tr uma namurada assim.........

    ResponderEliminar
  2. oh que lindo, está mesmo bonito o texto !
    Que sorte teres alguém tão perfeito perto de ti!

    ResponderEliminar